Como Seus Funcionários Podem Detetar o Software de Monitoramento de Funcionários Nos Computadores?

15/04/2023, leia 2344 vezes
Compartilhe esse post:
Como Seus Funcionários Podem Detetar o Software de Monitoramento de Funcionários Nos Computadores?

Os empregadores que estejam ponderando a implementação de um software de monitoramento de funcionários em sua empresa, devem ler esse artigo, onde abordamos o tema das soluções de monitoramento de funcionários em modo furtivo, algumas maneiras utilizadas pelos funcionários para descobrirem se seus computadores estão sendo monitorados e a abordagem adequada para introduzir o software de monitoramento de funcionários na empresa.

O monitoramento de funcionários tem se tornado uma prática cada vez mais comum. As empresas utilizam ferramentas de monitoramento digital para controlar a dedicação e o desempenho geral de seus funcionários no trabalho. Os métodos de monitoramento que ajudam os empregadores a mensurar a produtividade de seus especialistas, rastrear sua assiduidade e avaliar o comportamento têm evoluído progressivamente, permitindo também garantir a segurança dos dados da empresa. 

Após recebermos inúmeras solicitações por parte dos nossos usuários, iremos analisar a probabilidade de os seus funcionários detetarem o software de monitoramento, além de algumas dicas sobre como implementar corretamente as soluções de monitoramento de funcionários.

Quais São As Vantagens de Implementar Um Software de Monitoramento de Funcionários?

O software de monitoramento de funcionários está alterando radicalmente a forma como os proprietários das empresas se mantêm informados sobre o que está acontecendo. As soluções de monitoramento automatizado são úteis para medir a produtividade dos funcionários, rastrear o tempo que gastam trabalhando e acompanhar tudo o que acontece na empresa nos intervalos entre as reuniões formais.

Controlar o tempo e engajamento dos funcionários pode ser vantajoso para as empresas de várias formas, entre elas:

  • melhorar a produtividade dos funcionários. Quando rastreiam o trabalho dos funcionários, os empregadores podem ficar sabendo se as tarefas cumpridas pelos especialistas estão em linha com os padrões exigidos pela empresa. Se esses patamares não forem cumpridos, os gerentes podem tentar encontrar métodos para ajudar os membros da equipe a melhorar sua performance;
  • identificar obstáculos e problemas internos. O acompanhamento da produtividade de funcionários individuais, bem como de equipes inteiras, permite aos gerentes encontrar os obstáculos e problemas enfrentados no trabalho pelos seus subordinados. Monitorar a produtividade e tempo que os funcionários precisam para completar determinadas tarefas é útil para identificar os trabalhadores que demoram mais do que o esperado para concluir uma tarefa;
  • melhorar o engajamento dos funcionários em regime de trabalho remoto. Para as empresas que têm funcionários trabalhando a partir de casa, o monitoramento nunca foi tão fácil, graças às avançadas soluções de monitoramento remoto disponíveis no mercado. O software de monitoramento de funcionários permite o trabalho em casa e, ainda assim, manter os especialistas sob supervisão dos gerentes;
  • aumentar a segurança dos dados da empresa. Saber como os funcionários estão gerenciado os dados sensíveis da empresa é essencial para manter essa informação protegida contra ameaças internas, especialmente em um ambiente de trabalho remoto ou híbrido.

Se gostaria de saber mais sobre esse assunto, temos um artigo detalhado sobre os prós e contras da implementação de software de monitoramento de funcionários.

Seus Funcionários Podem Ficar Sabendo Se Os Computadores Deles Estão Sendo Monitorados?

Sempre existirão situações em que você preferiria instalar furtivamente um software de monitoramento de funcionários (por exemplo, quando você suspeita que alguém de sua equipe está sendo mau profissional ou quando acredita que informações sensíveis da empresa estão sendo vazadas para os concorrentes).

Mas alguns funcionários são simplesmente intrometidos e querem saber tudo o que está acontecendo na empresa (mesmo que não precisem ou nem tenham acesso a determinadas informações). 

Imaginemos uma situação em que um funcionário mais abelhudo passou inúmeras horas na Reddit tentando descobrir como detetar um software de monitoramento de funcionários em seu computador. Ele pode ter pesquisado no Google algo do tipo: “Como Saber Se Seu Empregador Está Monitorando Seu Computador”. 

O primeiro passo provavelmente seria verificar a lista de aplicativos instalados e tentar identificar softwares suspeitos de terceiros. Ainda assim, quando o administrador do sistema utiliza software de monitoramento para as atividades dos funcionários, existe a possibilidade de que esse não seja exibido como aplicativo instalado. 

Abaixo enumeramos algumas estratégias digitais que os seus funcionários podem utilizar a fim de descobrir se têm um software de monitoramento instalado nos computadores deles.

Método 1. Pesquisar no Gerenciador de Tarefas

Em primeiro lugar, seus funcionários mais curiosos podem querer saber se tem alguma operação suspeita rodando em segundo plano. Por exemplo, podem abrir o Gerenciador de Tarefas ao pressionarem as famosas três teclas Ctrl+Alt+Del, tentando descobrir quaisquer aplicativos misteriosos na guia Processos ou Serviços. Se identificarem esses aplicativos questionáveis, de seguida poderão fazer uma rápida busca no Google e descobrir os detalhes sobre cada um deles. 

Mas você precisa lembrar que seus especialistas não poderão acessar o Gerenciador de Tarefas e verificar a presença de aplicativos suspeitos se não tiverem direitos de administrador em seu computador de trabalho. E, mesmo que tenham, esse método é bem longo e cansativo.

Algumas ferramentas de monitoramento de funcionários, como o Kickidler por exemplo, têm também um modo de instalação furtiva e não serão visíveis no Gerenciador de Tarefas. Sem falar que qualquer administrador de sistemas especializado sabe como mascarar esse software como se ele fosse um processo ou serviço habitual do sistema.

Método 2. Executar a Linha de Comandos

Para saber se têm um aplicativo desconhecido monitorando suas atividades no computador, seus especialistas abelhudos podem também querer verificar a utilização dos dados por parte do dispositivo, acreditando que uma solução de monitoramento tem uma ligação à internet a fim de enviar para a gerência dados sobre as atividades.

Se executarem a linha de comandos como Administradores, digitando o comando [netstat -b -n] na janela aberta, e procurando na lista de aplicativos, os funcionários poderão identificar os aplicativos em seus computadores que transmitem dados através da internet. 

Uma vez mais, esse método é infrutífero se o funcionário não tiver direitos de administrador. E é impossível de ser executado se o empregado for parte de uma rede local. 

Um administrador de sistemas experiente é também capaz de facilmente dissimular o software.

Método 3. Baixar software anti-spyware

Outro método comprovado que permite detetar spyware é a instalação de um software anti-spyware dedicado ou outro software antivírus, como o scanner antivírus grátis Emsisoft Emergency Kit, o qual é rodado a partir de um pen drive. 

As ferramentas antivírus comuns também conseguem identificar software de monitoramento, mas normalmente os administradores rotulam os agentes desse software como exceções. Ou seja, os antivírus empresariais serão provavelmente inúteis para os funcionários que pretendam detetar software de monitoramento rodando nos computadores. Mas você, enquanto supervisor, será notificado se os seus funcionários decidirem rodar software de terceiros no hardware da empresa. 

Além disso, muitas soluções de monitoramento de funcionários não operam no nível do usuário ou do sistema, o que mais uma vez impede os funcionários de os detetar através desse método.

Método 4. Monitoramento do tráfego de saída

Ainda que o monitoramento de tráfego possa ser considerado o método mais seguro e fiável, também tem debilidades.

Atualmente é possível instalar vários tipos de software gratuito de monitoramento de tráfego, entre eles o Glasswire, permitindo aos usuários verificar todo o tráfego de saída em seus computadores. Mas, apesar de algumas ferramentas de monitoramento de funcionários transmitirem continuamente dados para o servidor, outras podem transmitir dados apenas em horários indicados, por exemplo à noite. Então essa abordagem é também um pouco imprevisível.

Sem esquecer que, uma vez mais, os funcionários precisarão de direitos de administrador para baixar essas aplicações de monitoramento de tráfego. 

Método 5. Recorrer à engenharia social

Se seus funcionários mais intrometidos quiserem investir tempo e esforço consideráveis para confirmar (ou dissipar) suas suspeitas, podem tentar falar com pessoas responsáveis pelas práticas de monitoramento de funcionários. Por exemplo, podem tentar estabelecer uma relação com um especialista técnico diretamente envolvido na implementação desse sistema ou com um responsável de RH, o qual analisa relatórios automatizados sobre a produtividade dos funcionários.

Também precisamos elencar outras formas menos eficazes de os funcionários detetarem soluções de monitoramento em seus computadores. Entre elas, a verificação dos aplicativos com acesso à webcam, a consulta da pasta Arquivos de Programas ou a lista de exclusões de software antivírus. Mas, na maioria dos casos, os funcionários precisarão de direitos de acesso especiais para executar corretamente essas abordagens.

Como Implementar Corretamente o Software de Monitoramento de Funcionários?

É uma pergunta comum: “Como implementar corretamente o software de monitoramento de funcionários?”. Embora toda essa informação possa parecer demasiado complexa à primeira vista, você pode seguir alguns métodos para agilizar a implementação da solução de monitoramento de funcionários:

  1. Verifique as leis relevantes. Os regulamentos de monitoramento de funcionários podem variar consoante o país, então analise todas as leis aplicáveis antes de tomar a decisão final de monitorar seus funcionários. Isto é ainda mais importante quando você escolhe métodos de monitoramento para uma equipe cujos funcionários trabalham remotamente em vários pontos do mundo. E atualize regularmente suas políticas quando o quadro jurídico for alterado.
  2. Escolha uma ferramenta que tenha os funcionários em consideração. Ao implementar uma solução de monitoramento de funcionários, garanta que ela é o mais transparente possível. Evite usar ferramentas de monitoramento que controlem secretamente os funcionários, já que isso pode quebrar a confiança dos funcionários e abrir eventuais problemas legais. Enumere todos os benefícios que os funcionários terão com a implementação desse software.
  3. Seja transparente acerca do monitoramento. Embora não seja obrigatório informar seus funcionários sobre determinadas medidas de monitoramento, ser transparente sobre isso é sempre uma boa opção. Recomendamos também que você obtenha o consentimento por escrito dos funcionários a respeito dos métodos de monitoramento. Informe seus empregados sobre os dados que você estará rastreando e as razões para isso. Assim, os funcionários compreenderão melhor sua decisão e se mostrarão mais recetivos. Isso também melhora a equidade e justiça em sua empresa.

Como Evitar Que Os Seus Funcionários Detetem o Software de Monitoramento?

Contudo, se o seu contexto exigir uma solução de monitoramento em modo furtivo, recomendamos que você siga esses passos:

  • Limite o número de pessoas com direitos de administrador (para que os seus funcionários comuns monitorados não tenham acesso a pastas dos sistema e ao Gerenciador de Tarefas).
  • Não implemente o monitoramento furtivo em dispositivos pessoais. 
  • Não permita baixar software de terceiros nos computadores da sua empresa.
  • Assine os contratos de confidencialidade necessários com os funcionários que serão informados sobre o monitoramento.

Por fim, queremos que você pondere algumas questões. Recomendamos sempre aos nossos usuários instalarem o Kickidler de forma transparente, assinando previamente um acordo com os funcionários cuja atividade no computador de trabalho será monitorada. 

Mas estamos conscientes de que existem situações em que você necessita de recorrer ao monitoramento furtivo. E temos orgulho em afirmar que, nesses casos, o nosso software é o mais difícil de ser detetado pelos funcionários. 

Se necessitar de utilizar o Kickidler no modo furtivo, essa opção pode ser selecionada durante a configuração inicial. O Kickidler transmite continuamente os dados para o servidor e não em determinados momentos do dia, então os funcionários não notarão qualquer utilização suspeita de dados ou processos incomuns em segundo plano.

Software de monitoramento de funcionários Kickidler.

Você gostou do artigo? Inscreva-se nas redes sociais.


15/04/2023, leia 2344 vezes
Compartilhe esse post:


Aqui estão mais alguns posts interessantes: