11/02/2020, leia 221 vezes
Compartilhe esse post:
Monitorar o acesso à internet – Por que é importante saber quais sites seus funcionários acessam

Por que é importante controlar o acesso à internet? Quais problemas podem ser solucionados por monitorar os sites que seus funcionários visitam? Por que você deveria saber quais sites seus funcionários visitam durante o horário de trabalho, e como nosso programa de monitoramento de funcionários Kickidler pode ajudar? Falaremos sobre tudo isso nesse artigo.

O fator principal para determinar se a pessoa que trabalha no computador é um preguiçoso é observar os sites que ele visita durante seu horário de trabalho.

Se ele gasta a maior parte do tempo em redes sociais, sites de notícias, fóruns, sites de relacionamento e etc., ele definitivamente é um sabotador – mesmo que ele não saiba disso – e sua empresa só perde tendo um empregado assim.  Se ele usa somente sites e aplicativos que fazem parte do seu trabalho, então é um funcionário responsável que pode ser muito útil para sua empresa.

Existem exceções, é claro, mas na maioria das vezes estas estatísticas funcionam.

Mas como você pode diferenciar aqueles funcionários que realmente trabalham duro daqueles que só matam tempo?

Vamos direto ao ponto – hoje em dia existem muitas soluções para este problema.  Estamos falando de Programa de Monitoramento de Funcionários.

Esses programas permitem que você analise todas as ações dos usuários atrás dos computadores e controle os sites que eles visitam durante o expediente de trabalho.

Vamos entender como esse programa funciona usando como exemplo o Kickidler, nosso programa de monitoramento de funcionários.

Como você monitora quais sites os usuários visitam?

Screenshot 1. Relatório “Detalhes do dia”


O Kickidler, nosso programa de monitoramento de acesso à internet, permite que você analise o comportamento diário dos funcionários e atribua diferentes avaliações para os sites que eles visitam – produtivo, improdutivo ou neutro. Pela proporção desses indicadores é fácil entender quais dos seus funcionários realmente trabalham duro e quais somente fazem de conta que estão muito ocupados.

Uma nuance importante deve ser levada em conta aqui – o mesmo site que é produtivo para alguns funcionários pode ser improdutivo para outros. Por exemplo, redes sociais serão consideradas produtivas para SMMs e sites de notícias para editores de notícias.

Por essa razão, nosso programa Kickidler tem uma opção para ajustar as configurações de produtividade para funcionários individuais e departamentos inteiros.

Uma vez que você faz isso e o programa coleta todas as estatísticas necessárias, você poderá analisar o comportamento dos seus funcionários utilizando diferentes relatórios de produtividade, cada um deles sendo bom para uma tarefa específica.

Relatório “Detalhes do dia”

Esse relatório exibe um gráfico de pizza de estatísticas gerais de sites e aplicativos que um funcionário usa durante seu horário de trabalho. Também mostra as horas durante as quais o funcionário é mais ou menos produtivo.

Relatório de produtividade

Esse relatório mostra a imagem geral de sites visitados por um funcionário e a proporção de recursos produtivos para improdutivos.

Relatório “Classificação de funcionários”

Esse relatório permite que você identifique rapidamente os funcionários mais produtivos e os menos produtivos.

Relatório de utilização

Esse relatório também mostra a classificação de aplicativos e sites usados por um funcionário.

Relatórios dinâmicos

Esse relatório mostra as quedas e picos de produtividade. Ele pode ser configurado de acordo com uma hora do dia, dia da semana ou mês.

Monitoramento de computadores em tempo real

Você não quer acompanhar diferentes tipos de relatórios e navegar através de incontáveis arquivos de dados? Isso é completamente compreensível. É por isso que nosso programa tem uma função exclusiva – monitoramento online de computadores de funcionários. Com essa função, você poderá ver, em tempo real, tudo o que os seus funcionários fazem durante o expediente de trabalho. Você terá acesso aos sites e aplicativos que estiverem usando a qualquer momento.

De acordo com nossos clientes, essa função não significa que o empregador tem que ficar o tempo todo monitorando a tela. Para encorajar o pico de produtividade, o simples fato de o empregador poder ver a tela do funcionário já é suficiente.

Controle é bom – microgestão, nem tanto

Quando falamos de controle, sugerimos que deve ser de uma forma razoável, transparente e amável para os próprios funcionários. De forma alguma você deveria abusar do poder que tem para controlar tudo que seus funcionários fazem. 

O funcionário deveria saber exatamente como o seu empregador pode monitorar suas atividades no computador de trabalho, quanto tempo por dia pode gastar com assuntos pessoais e quanto tempo ele é obrigado a trabalhar.

Explique para seus funcionários que sua habilidade de acompanhar os sites que eles visitam não significa necessariamente que você deseja monitorá-los. Na verdade, é uma maneira de evitar a procrastinação, a qual todos estamos propensos. Enfatize o ponto de que se um funcionário mostra um bom índice de produtividade, ninguém vai monitorar sua tela. E então, respeite essa regra. Incentive os funcionários que são mais produtivos que os outros. Dessa forma, o controle de sites visitados se tornará uma ferramenta efetiva para desenvolver a motivação dos seus funcionários.

Kickidler software de monitoramento de acesso à internet


11/02/2020, leia 221 vezes
Compartilhe esse post:


Aqui estão mais alguns posts interessantes:
  • Preencha o formulário e receba um convite por e-mail
  • A chave é válido durante 30 dias.
  • O termo da prova livre é 7 dias.
  • Tenha uso total do programa por uma semana
  • Monitore o trabalho de até 6 funcionários